Bolsonaro diz que venda direta deve baixar preço do etanol em 20 centavos por litro

Bolsonaro diz que venda direta deve baixar preço do etanol em 20 centavos por litro

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) defendeu, nesta quinta-feira (16), a venda direta de etanol para postos de gasolina e afirmou que o governo prevê uma redução de ao menos 20 centavos por litro com a adoção da medida.

“Se Deus quiser a gente vai romper essa barreira e a nossa previsão é que o preço caia pelo menos 20 centavos o litro do etanol, porque evita o que a gente chama de passeio do álcool”, afirmou o presidente, durante sua live semanal veiculada nas redes sociais.

Bolsonaro recebeu nesta tarde no Palácio do Planalto representantes de produtores de etanol do Nordeste que defendem a venda direta. Hoje, devido a uma norma da ANP (Agência Nacional do Petróleo), o álcool combustível só pode ser vendido pelos produtores às distribuidoras, que por sua vez comercializam com os postos.

Um projeto de lei que está na Câmara dos Deputados suspende essa obrigatoriedade. A matéria já foi aprovada pelos senadores.

Bolsonaro disse nesta quinta que conversou com o presidente da Casa, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), sobre o tema.

“Isso depende da Câmara e do Senado, porque é para revogar uma resolução da ANP (Agência Nacional do Petróleo). Não pode vender lá da usina para o posto de combustível. Por que isso? Tem que ter um intermediário no meio do caminho, um distribuidor. Nós estamos trabalhando nesse sentido”, declarou o mandatário.

A proposta, no entanto, não é unanimidade no setor.

Fonte: Folha de S.Paulo

No Comments

Post A Comment