Congelamento do preço do diesel traz pouco efeito

Congelamento do preço do diesel traz pouco efeito

Toda complexa engenharia feita pelo governo federal para reduzir os preços do óleo diesel nas bombas para por fim à greve dos caminhoneiros, que começou no fim de maio e durou 11 dias, teve poucos resultados. De acordo com cálculos feitos por Adriano Pires Rodrigues do Centro Brasileiro de Infra Estrutura (CBIE), se a Petrobras tivesse mantido sua política de variações dos preços diárias, atualmente o valor do diesel nas refinarias seria de R$ 2,0746 o litro, apenas 2% acima do preço vigente que é de R$ 2,0316, que está congelado nas refinarias.

Isto porque, de acordo com o executivo os preços do petróleo que em fins de maio a preço do barril do petróleo estava cotado a US$ 80 o barril no mercado internacional, e agora está em torno de US$ 68. Adriano lembra que no dia 30 de maio o governo criou a subvenção de R$ 0,30 no diesel, representando um gasto no subsidio de R$ 10 bilhões.

– Ou seja, toda essa confusão que trouxe de volta o tabelamento, congelamento e ressarcimento serviu par reduzir o preço do diesel em apenas 2% . Isso porque o governo não entende que o preço do petróleo e volátil. No momento da greve estava acima dos US$ 80 o barril agora esta abaixo dos US$ 70. E o mais grave é que essas medidas vão impedir qualquer tentativa de quebra de monopólio de refino no Brasil – alertou Adriano Pires.

Nas bombas, a redução também foi pequena também, da ordem de R$ 0,10 por litro no país. De acordo com dados da Pesquisa de preços da Agência Nacional do Petróleo (ANP), na semana de 8 a 14 deste mês, o diesel estava sendo vendido a um preço médio de R$ 3,388 contra R$ 3.482 o litro na primeira semana de junho. No Estado do Rio a queda foi menor, o diesel está custando R$ 3,455 o litro contra R$$ 3,482 o litro na primeira semana do mês passado.

David Zylbersztajn, ex-diretor-geral da ANP, disse que o tabelamento de preços é algo que, comprovadamente, não se mostrou eficaz quando foi adotada.

– Congelamento é algo que não funciona e é medieval. É um mecanismo ruim, pois se o petróleo baixar ainda mais o consumidor não vai ter o benefício – destacou ele.

Fonte: O Globo

No Comments

Post A Comment