Cosan enxerga demanda por combustíveis nos níveis pré-pandemia

Cosan enxerga demanda por combustíveis nos níveis pré-pandemia

De acordo com o gerente-executivo de relações com investidores da Cosan, Phillipe Casale, a demanda brasileira de combustíveis confirmou no terceiro trimestre a recuperação que se desenhava em junho, na esteira da flexibilização das medidas de isolamento social, e o retorno já voltou aos níveis vistos antes da pandemia de covid-19. “Vimos uma nítida melhora no ambiente de negócios, apesar do cenário de volatilidade, mas sem oscilação brusca de preços e com a demanda perto da normalidade”, afirmou, em teleconferência com analistas nesta segunda-feira.
No intervalo, o resultado antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado da Raízen Combustíveis totalizou R$ 906,8 milhões, 37,1% acima do visto em igual trimestre de 2019. No segundo trimestre, o resultado operacional havia sido negativo em R$ 213,3 milhões. A melhora reflete a recuperação dos negócios no Brasil e o forte avanço dos resultados da Raízen na Argentina. Para ler esta notícia, clique aqui.

Fonte: Valor Econômico

No Comments

Post A Comment