Custo da soja pressiona biodiesel, mas não haverá ruptura na produção

Custo da soja pressiona biodiesel, mas não haverá ruptura na produção

O preço elevado da soja, puxado pela demanda da China, refletiu no valor do óleo usado na produção de biodiesel. Com isso, houve um estímulo à utilização de outras matérias-primas na produção do combustível.

A participação da soja na composição do biodiesel, que tradicionalmente supera 70%, deverá ser de 68% neste segundo semestre, segundo Juan Diego Ferrés, presidente da Ubrabio (União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene).

Para continuar a leitura, clique aqui.

Fonte: Folha de São Paulo

No Comments

Post A Comment