Diesel verde opõe Petrobras e agroindústria

Diesel verde opõe Petrobras e agroindústria

A agroindústria e o setor de petróleo protagonizam intenso debate sobre novos biocombustíveis. As discussões giram em torno do diesel verde, cujas especificações estão sendo definidas pela Agência Nacional do Petróleo (ANP).

A Petrobras, o Instituto Brasileiro de Petróleo (IBP) e distribuidoras de combustíveis defendem que o diesel produzido a partir do coprocessamento de petróleo com óleos vegetais nas refinarias tradicionais, conhecido como HBIO, seja enquadrado como biocombustível. Por outro lado, produtores de biocombustíveis, representados por entidades como a União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene (Ubrabio), Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove) e Associação Brasileira de Produtores de Biocombustíveis (Aprobio), argumentam que o produto tem como base 95% de combustível fóssil e apenas 5% de óleo vegetal, e, portanto, não poderia ser classificado como biodiesel. A visão é endossada pela ANP.

Para continuar a leitura, clique aqui.

Fonte: Valor Econômico

No Comments

Post A Comment