Litro da gasolina subiu R$ 0,19 no Estado, aponta ANP

Litro da gasolina subiu R$ 0,19 no Estado, aponta ANP

O aumento em cinco pontos percentuais no Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) da gasolina (subiu de 25% para 30%) , que passou a valer no dia 12 de fevereiro, resultou em aumento de R$ 0,197 no litro do combustível. Conforme dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o preço médio do litro da gasolina em Mato Grosso do Sul era comercializado a R$ 4,345 na semana compreendida entre 2 e 8 de fevereiro, e passou a R$ 4,542 entre 23 e 29 de fevereiro.

Em Campo Grande a média de preços do litro da gasolina passou de R$ 4,246, na semana anterior ao aumento da alíquota, e chegou a R$ 4,455 na última semana do mês de fevereiro- entre 23 e 29. O aumento na Capital chegou aos R$ 20 centavos no mês passado.

Já o preço do etanol, que teve redução na alíquota de 25% para 20%, já sentiu o efeito nos postos de combustíveis de Mato Grosso do Sul. Conforme pesquisa de preços divulgada pelo órgão, o preço médio do etanol, no Estado, na semana do dia 2 de fevereiro ao dia 8 era de R$ 3,684 e caiu R$ 5 centavos na última semana do mês – do dia 23 a 29 -, que passou a custar R$ 3,627.

Na Capital, o preço cobrado pelo etanol foi de R$ 3,608 na primeira semana de fevereiro e na última semana a média registrada para o litro foi de R$ 3,540, acarretando uma redução de R$ 0,06 ao bolso do consumidor.

A justificativa da gestão estadual para aumentar a alíquota da gasolina e reduzir o etanol seria incentivar o maior consumo do álcool em Mato Grosso do Sul. Conforme apurado pelo Correio do Estado, para o consumidor trocar a gasolina pelo etanol, o litro do álcool precisa ser de até 70% do valor da gasolina.

Para fazer uma conta simplificada, basta multiplicar o preço da gasolina por 0,7. O resultado vai apontar o preço máximo que o etanol deve custar para valer a pena. O indicador leva em conta uma média de rendimentos dos combustíveis. Para que o etanol fosse mais atrativo frente a gasolina, considerando a gasolina a R$ 4,542, o litro do álcool deveria custar R$ 3,179 no máximo.

Fonte: Correio do Estado

No Comments

Post A Comment