Mercado melhora projeção para queda do PIB pela 8ª vez

Mercado melhora projeção para queda do PIB pela 8ª vez

Os economistas do mercado financeiro reduziram a previsão para o tombo Produto Interno Bruto (PIB) de 2020, revisando a estimativa de uma redução de 5,52% para 5,46%. Essa foi a oitava semana seguida de melhora do indicador.

A projeção faz parte do boletim de mercado, conhecido como relatório Focus, divulgado ontem pelo Banco Central (BC). Os dados foram levantados na semana passada em pesquisa com mais de 100 instituições financeiras.

A expectativa para o nível de atividade foi feita em meio à pandemia de covid-19, que tem derrubado a economia mundial e colocado o mundo no caminho de uma recessão. Nas últimas semanas, porém, indicadores têm mostrado o início de uma retomada da economia brasileira.

Como o Estadão mostrou, no embalo recente de melhora de indicadores econômicos e primeiro resultado positivo no mercado de trabalho formal desde a chegada da pandemia de covid-19 no País, o governo já avalia que a recessão em 2020 poderá ser menor do o esperado e girar em torno de 4% e 4,5%. Para 2021, a expectativa do mercado financeiro de crescimento do PIB foi mantida em 3,50%.

Segundo o relatório, os analistas do mercado elevaram a estimativa de inflação para 2020 de 1,67% para 1,71%. A expectativa de inflação do mercado para este ano segue abaixo da meta central, de 4%, e também do piso do sistema de metas, que é de 2,5% em 2020.

Pela regra vigente, o IPCA pode oscilar de 2,5% a 5,5% sem que a meta seja formalmente descumprida. Quando a meta não é cumprida, o BC tem de escrever uma carta pública explicando as razões.

Após a queda para 2% ao ano no começo de agosto, o mercado segue prevendo manutenção da taxa básica de juros da economia, a Selic, neste patamar até o fim deste ano.


Fonte: O Estado de S.Paulo

No Comments

Post A Comment