Luna e Silva, o presidente da Petrobras, costuma dizer a interlocutores do governo que o “PPI (a sigla que designa a política de preços da Petrobras) é apenas uma referência” para a estatal, “é somente um fator da equação”.

Reforça a argumentação lembrando que neste início de ano a Petrobras ficou 57 dias sem reajustar a gasolina e o diesel, mesmo com a alta do dólar.

Para Luna e Silva, o fator decisivo para os reajustes é que eles garantam o abastecimento do mercado nacional.

Fonte: O Globo (Lauro Jardim)