Petrobras e Eletrobras fazem acordo inicial por dívida bilionária

Petrobras e Eletrobras fazem acordo inicial por dívida bilionária

A Petrobras e a Eletrobras chegaram a um entendimento inicial sobre uma dívida de R$ 20 bilhões que a elétrica possui com a petroleira, relativa ao fornecimento de combustível para geração de energia no Amazonas, segundo fontes que acompanham as negociações. A solução para o impasse é fundamental para a privatização da Amazonas Energia, distribuidora de eletricidade subsidiária da Eletrobras no estado.

Antes de privatizar toda a Eletrobras, o governo programou para este semestre a venda das seis distribuidoras de energia da estatal que atuam no Norte e Nordeste do país, entre elas empresa que opera no Amazonas. Nesse caso, para viabilizar a venda, a Eletrobras precisa separar os ativos de geração e de transmissão da empresa para uma nova subsidiária, a Amazonas GT.

A operação necessita do aval da Petrobras devido a um contrato de fornecimento de gás assinado entre elas. A Petrobras resistia, no entanto, a aceitar a transferência do contrato com a distribuidora para a Amazonas GT devido a dificuldades em fechar um acordo com a Eletrobras sobre a dívida pelo fornecimento de combustível ao estado.

As conversas avançaram e as empresas acertaram termos iniciais de um acordo. Com isso, a Petrobras enviou, na semana passada, uma carta a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) em que informa ter “predisposição” para aceitar a transferência do contrato, “desde de seja encontrada uma solução para a dívida”. Nenhum contrato ainda foi assinado, segundo uma fonte na empresa.

Houve um reconhecimento entre as partes de uma dívida de R$ 17 bilhões. Agora, precisam ser negociadas as condições para o pagamento da cobrança. Existe ainda uma conta de R$ 3 bilhões, que deve ser judicializada.

Fonte: O Globo

No Comments

Post A Comment