Petrobras inicia processo de venda de campo de petróleo na Colômbia

Petrobras inicia processo de venda de campo de petróleo na Colômbia

A Petrobras iniciou o processo de venda de sua participação em um bloco exploratório na Colômbia. A área, chamada de Tayrona, está localizado na Bacia de Guajira, no litorall do país vizinho. De acordo com fontes, a Ecopetrol é a principal candidata à compra.
O Bloco Tayrona está localizado no litoral nordeste da Colômbia, em águas profundas da Bacia de Guajira. A Petrobras, que é operadora da área, detém 44,44% de participação na concessão por meio da sua afiliada PIB-BV, em consórcio com a Ecopetrol, que detém os demais 55,56% de participação.
A Ecopetrol poderá exercer o direito de preferência, conforme previsto em acordo, disse a estatal em fato relevante.
“A concessão encontra-se na fase Programa Exploratório Posterior 1 e tem reduzido compromisso exploratório a ser cumprido, com potencial para comprovar volumes significativos de gás e estabelecer posição em uma área de nova fronteira. A área apresenta similaridade com descobertas nas margens do Atlântico Sul e Caribe”, disse a estatal em nota.
A estatal também está atualmente em processo de venda, desde março deste ano, de outros ativos na Colômbia, como sua rede de postos. Segundo a estatal, são 124 estações de serviços, sete terminas de logística e 124 postos em diferentes cidades. Em 2019, a geração de caixa operacional foi de US$ 7,1 milhões.
A estatal também realizou nesta segunda-feira o pré-pagamento parcial de suas linhas de crédito compromissadas, no montante de US$ 3,5 bilhões. “Esses recursos ficarão disponíveis para novos saques, em caso de necessidade”, informou a empresa.
Em nota, Andrea Almeida, diretora-executiva Financeira e de Relacionamento com Investidores da Petrobras, disse que o saque total é de US$ 8 bilhões “As linhas de crédito compromissadas foram importante para esse momento de maior volatilidade”, comentou ela.
A estatal também está vendendo sua participação de 51% na TBG (Transportadora Brasileira do Gasoduto Bolívia-Brasil), dona do Gasbol, o Gasoduto Bolívia-Brasil.


Fonte: O Globo

No Comments

Post A Comment