Preços da Petrobras ainda estão 20% defasados, após reajuste do diesel, diz Credit Suisse

Preços da Petrobras ainda estão 20% defasados, após reajuste do diesel, diz Credit Suisse

Mesmo com o reajuste de 8% no preço do óleo diesel nas refinarias, anunciado nesta segunda-feira (18) pela Petrobras (PETR3; PETR4), a paridade de preços com o mercado internacional está distante.

Numa curtíssima nota aos clientes, o Credit Suisse estima que os preços praticados pela estatal estão cerca de 20% defasados em relação ao exterior, o que significa uma diferença de US$ 7 a US$ 9 por barril.

O Credit Suisse encerra observando o básico: o aumento do diesel tem impacto limitado, concentrando-se nos caminhoneiros.

Fonte: Money Times

No Comments

Post A Comment