Redução de R$ 0,46 não chegou

Redução de R$ 0,46 não chegou

Promessa do governo para encerrar a greve dos caminhoneiros, a redução de R$ 0,46 no preço do litro do diesel não ocorreu em nenhum dos estados brasileiros nem no Distrito Federal, segundo análise dos números mais recentes do levantamento de preços da Agência Nacional do Petróleo (ANP). O maior desconto observado foi de R$ 0,437, em Roraima, e o menor, de R$ 0,165, em Pernambuco.

O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, havia anunciado que, a partir de 1º de junho, o preço do litro do óleo diesel deveria estar R$ 0,46 mais barato nas bombas, em comparação aos valores de 21 de maio, início da greve dos caminhoneiros. A redução do valor do diesel era uma das principais reivindicações da categoria.

Na Região Sudeste, comparando-se a semana de 20 a 26 de maio com a de 10 a 16 de junho, o maior desconto foi observado no Espírito Santo: R$ 0,378. O preço do diesel na bomba passou de R$ 3,684 para R$ 3,306. No Estado do Rio, a queda foi de apenas R$ 0,355 — de R$ 3,888 para R$ 3,533.

Já a gasolina e o etanol avançaram no país, na mesma comparação. A gasolina foi de R$ 4,435 para R$ 4,572, R$ 0,137 a mais, enquanto o etanol passou de R$ 2,818 para R$ 2,948, uma alta de R$ 0,13.

Fonte: O Globo

No Comments

Post A Comment