Refinaria Duque de Caxias, da Petrobras, faz 1ª operação de cabotagem de diesel S10

Refinaria Duque de Caxias, da Petrobras, faz 1ª operação de cabotagem de diesel S10

A Petrobras informou que a Refinaria Duque de Caxias (Reduc) fez neste mês a sua primeira operação de cabotagem (transporte por modal marítimo dentro das águas costeiras do país) de diesel S10. Um carregamento de 25 milhões de litros foi transferido para o Terminal Aquaviário da Baía da Guanabara (TABG), de onde o produto foi transportado por navio até o Porto de Paranaguá (PR).
A Reduc tem capacidade para produzir 150 milhões de diesel S10 por mês. Até junho, o sistema logístico interno, segregado, só permitia movimentações de bombeio para distribuidoras ao redor da refinaria.


Segundo a Petrobras, com a pandemia de covid-19 e a redução da demanda na região do Rio de Janeiro, a refinaria realizou manobras internas e condicionamentos de lastro de forma a viabilizar o escoamento do produto através de sua interligação com o TABG, por onde já são realizadas normalmente operações de cabotagem e exportação de outros produtos (como óleo combustível exportação, bunker, gasolina, nafta petroquímica, diesel marítimo e diesel S500).
A petroleira estima que, com os níveis atuais da demanda local, a Reduc tem condições de cabotar entre 60 e 70 milhões de litros de diesel S10 por mês. A estatal esclareceu que as operações de cabotagem do derivado, a partir da refinaria fluminense, impacta diretamente na redução do volume importado para atender o mercado nacional e aumenta a competitividade da Petrobras frente aos agentes importadores do setor. Para ler esta notícia, clique aqui.

Fonte: Valor Econômico

No Comments

Post A Comment