Pular para o conteúdo

sindtrr

(11)2914-2441

Vibra (VBBR3) vê lucro multiplicar por quase 10 vezes no 1º tri, a R$ 789 mi

A Vibra registrou aumento de 874,1% no lucro líquido no primeiro trimestre de 2024 em relação a igual período de 2023, saindo de R$ 81 milhões para R$ 789 milhões.

Já em relação ao trimestre anterior, houve uma diminuição de R$ 2,508 bilhões, representando uma redução de -76,1%, em função, principalmente, das recuperações tributárias ocorridas no período.

O lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado foi de R$ 1,410 bilhão, alta anual de 104,9%.

A receita líquida ajustada somou R$ 39,771 bilhões no primeiro trimestre de 2024 , crescimento de 1,4% na comparação com igual etapa de 2023.

Vibra: resultados
O lucro bruto ajustado atingiu a cifra de R$ 2,286 bilhões no primeiro trimestre de 2024, um aumento de 48,8% na comparação com igual etapa de 2023, impulsionado pelas maiores margens médias de comercialização, estratégia de segmentação de clientes e maior participação das vendas de produtos aditivados e premium no mix de produtos e por efeito de ganho de inventário de produtos no trimestre atual frente a uma forte perda de aproximadamente R$ 340 milhões no 1T23.

As despesas operacionais ajustadas somaram R$ 615 milhões no 1T24, uma redução de 11,1% em relação ao mesmo período de 2023.

O resultado financeiro líquido foi negativo em R$ 334 milhões no primeiro trimestre de 2024, uma elevação de 19,3% sobre as perdas financeiras da mesma etapa de 2023.

Em 31 de março de 2024, a dívida líquida da companhia era de R$ 10,6 bilhões, um recuo de 15,2% na comparação com a mesma etapa de 2023.

O indicador de alavancagem financeira, medido pela dívida líquida/Ebitda ajustado, ficou em 1,1 vez em março/24, queda de 1,6 p.p. em relação ao mesmo período de 2023.

Autor/Veículo: Infomoney