WhatsApp permitirá fazer pagamentos e transferências pelo app no Brasil

WhatsApp permitirá fazer pagamentos e transferências pelo app no Brasil

O WhatsApp anunciou ontem que o Brasil será o primeiro país a usar um serviço de pagamentos por meio do aplicativo de mensagens. A ferramenta permite transferir e receber dinheiro em transações instantâneas, usando cartões de débito habilitados no Facebook Pay. Além disso, contas cadastradas no WhatsApp Business podem receber pagamentos por produtos e serviços.
A ideia é que as operações sejam tão simples quanto mandar uma foto. Pessoas físicas poderão enviar dinheiro e fazer compras via WhatsApp sem custos extras. Já as empresas pagarão taxa de 3,99% por transação.
A ferramenta vem sendo testada desde 2018 na Índia, país com o maior número de usuários de WhatsApp (400 milhões). Lá, porém, a empresa enfrenta resistências do Banco Central e do Cade (órgão de defesa da concorrência) locais.
O Brasil, vice-líder no ranking (130 milhões de usuários ativos), acabou sendo escolhido para estrear o sistema. Aqui, o Banco Central avalia que há potencial para integração da iniciativa do WhatsApp ao Pix, programa de transações instantâneas que está sendo desenvolvido pela instituição e que deve entrar em funcionamento em novembro.
No entanto, a autoridade monetária ressalta que será vigilante a qualquer desenvolvimento fechado que possa inibir a “interoperabilidade e limite seu objetivo de ter um sistema rápido, seguro, transparente, aberto e barato”.
O recurso será liberado no Brasil gradualmente ao longo das próximas semanas. As transações somente podem ser feitas em reais e dentro do Brasil. Será possível fazer até 20 operações por dia, com limite de R$ 1 mil por transação e R$ 5 mil por mês.
No futuro, o sistema será expandido para o Instagram (que, como o WhatsApp, pertence ao Facebook).
Em seu perfil nas redes sociais, Mark Zuckerberg, fundador e diretor executivo do Facebook, escreveu que a ferramenta possibilitará uma maneira segura de fazer pagamentos via aplicativos:
“Estamos facilitando o envio e o recebimento de dinheiro, como um compartilhamento de fotos. Também estamos permitindo que pequenas empresas façam vendas diretamente via WhatsApp. Para fazer isso, criamos o Facebook Pay, que fornece uma maneira segura e consistente de efetuar pagamentos em nossos aplicativos”.

Segurança de dados
Inicialmente será possível usar cartões de débito Visa e Mastercard, dos bancos Nubank, Sicredi e Banco do Brasil. A transferência será intermediada pela Cielo e não cobrará taxa dos usuários. Segundo o WhatsApp, o modelo é aberto e está disponível para receber outros parceiros no futuro.
Para as contas comerciais, usando o WhatsApp Business, é preciso ter uma conta Cielo para solicitar e receber pagamentos ilimitados, tanto de crédito quanto de débito, oferecer reembolsos e ter suporte técnico.
O envio de dinheiro via WhatsApp deverá baratear custos para pessoas físicas e lojistas, e tem potencial para aumentar a inclusão bancária. Advogados e especialistas em meios de pagamento, contudo, alertam para o risco de roubos de dados dos usuários para golpes.

Fonte: O Globo

No Comments

Post A Comment