Os preços do etanol hidratado (que abastece os tanques diretamente) subiram nos postos da maioria dos Estados por mais uma semana seguida, em descompasso com os preços da gasolina, que caíram na maior parte do país.

Segundo levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) realizado na semana encerrada dia 9, os preços do etanol avançaram em 17 unidades da federação e caíram em oito, além do Distrito Federal. No Amapá, o preço no único posto pesquisado ficou estável.

Já a gasolina caiu em 18 Estados e no Distrito Federal e subiu em oito. Apesar dos movimentos distintos, apenas em São Paulo, Minas Gerais e Goiás o biocombustível continuou economicamente mais vantajoso do que o combustível de origem fóssil para a média da frota flex. Em Mato Grosso, o etanol já não é mais competitivo do que a gasolina há duas semanas.

Nos postos paulistas, que concentram cerca de metade das vendas nacionais de combustível de veículos leves, o litro do etanol foi vendido em média por R$ 4,756 na semana passada, alta de 0,83% em relação à semana anterior. Esse foi o menor valor de etanol em todos os Estados naquele período. Em relação à gasolina, o valor ficou em 69,3%, ainda abaixo da paridade de 70%. A diferença nominal é agora de mais de R$ 2 o litro.

Fonte: Valor Econômico